« voltar

- Sexta-Feira, 29/11/2013


BRIDGESTONE ENSINA A LER OS PNEUS

Fabricante explica o que significam as letras e números inscritos na lateral

SANTO ANDRÉ, São Paulo (27 novembro de 2013) – Quando a vida útil do pneu chega ao fim, muitos motoristas ficam na dúvida sobre qual modelo comprar. A Bridgestone, maior fabricante mundial de pneus, aconselha que o consumidor fique atento às recomendações que constam no manual do veículo, pois cada automóvel tem um pneu específico. “Manter as características do carro, principalmente do pneu, é um dos principais cuidados que se deve ter na hora de adquirir um pneu novo para não correr o risco de perda de desempenho do veículo”, adverte o Gerente Geral de Engenharia de Vendas da Bridgestone Brasil, José Carlos Quadrelli.

Sua manutenção preventiva é a garantia de que vai durar o tempo previsto pelo fabricante. Por isso ela é tão importante. Calibrar semanalmente os pneus, realizar o rodízio, o balanceamento e o alinhamento ajudam a prolongar sua vida útil, embora ela também dependa de vários outros fatores. “Pode variar de acordo com o tipo de pneu (radial ou diagonal), com o volume de carga transportada, a maneira como o motorista conduz o veículo (freadas, arranque, curvas, etc), o tipo de estrada onde o veículo trafega, o clima, a manutenção correta e muitos outros aspectos”, salienta o especialista da CarClub Firestone, oficina credenciada pela Bridgestone, maior fabricante mundial de pneus.

Mas onde encontrar essas informações?

As paredes laterais do pneu contêm todos esses dados em relevo. É possível descobrir o tamanho, a capacidade de carga e velocidade, modelo, origem, certificações de qualidade e data de fabricação entre outras informações. Essas combinações de letras e números funcionam como o "DNA" do pneu.

Para entender melhor como essas informações estão expressas ali, vamos tomar como exemplo o pneu Bridgestone B250 Ecopia 165/70 R13 79T:

Bridgestone - nome do fabricante
B250 - denominação comercial do produto
Ecopia - identificação de baixa resistência à rolagem
165 - largura nominal do pneu em milímetros
70 - altura da seção do pneu (70% da medida da largura nominal do pneu)
R - tipo de construção "Radial"
13 - diâmetro do aro em polegadas
79 - índice de capacidade de carga (437 kg)
T - símbolo de velocidade máxima (190 km/h)

Além desta indicação, existe um número de série composto de 11 dígitos em seguida à palavra “DOT” em uma das paredes laterais (que identifica o “Department of Transportation” dos EUA e que instituiu este tipo de marcação). Os quatro últimos dígitos deste número identificam a data de fabricação do pneu:

1311 - data de fabricação (Ex.: 13ª semana de 2011)

Compreendendo o significado de cada uma dessas informações é mais fácil para o motorista encontrar o pneu ideal para o seu veículo. “Mesmo que a versão do pneu tenha sua produção encerrada ou se opte por outra fabricante, com essas informações em mãos o consumidor não erra ao comprar um produto que não é compatível com o modelo do veículo”, finaliza Quadrelli.

SOBRE A BRIDGESTONE

Com sede em Tóquio (Japão), a Bridgestone é a maior empresa de pneus e borracha do mundo. Além de pneus para utilização em uma ampla variedade de aplicações, a companhia também produz uma vasta gama de produtos diversificados que incluem borracha industrial, produtos químicos e artigos desportivos. Seus produtos são vendidos em mais de 150 países e territórios ao redor do mundo. No Brasil, produz pneus em suas fábricas de Santo André/SP e de Camaçari/BA, que atingem capacidade de produção de 42 mil pneus/dia. Saiba mais em www.bridgestone.com.br

Glauce Dugo

Consultora de Comunicação

glauce.dugo@alfapress.com.br

(55-11) 4433-1021 / 99283-2563

Carla Ferreira

Coordenadora de Comunicação

carla.ferreira@alfapress.com.br

(55-19) 2136-3500/9606-1509

« voltar